Zhen, 1º ano do ensino médio em internato nos Estados Unidos, Nova Inglaterra.

Borja Pérez-Mínguez | Depoimentos América do Norte

Quando cheguei à escola no primeiro dia, fiquei muito surpreso com a localização do colégio, porque fica em uma área montanhosa onde não há quase nada, apenas algumas casinhas dos habitantes da cidade. O engraçado é que o próprio internato ocupa a grande maioria da área do povoado.

No começo, eu não estava acostumado, já que na Espanha eu morava em uma cidade grande. Porém quando você se acostuma, percebe que a escola é um lugar perfeito para quem gosta mais de tranquilidade e também é um lugar perfeito para estudar, já que não há nada para distraí-lo durante a concentração do estudo.

A escola oferece atividades relacionadas à natureza, por exemplo, no Maine Day, fui ao rio Androscoggin para fazer canoagem. Outros passaram um dia em uma ilha próxima, caminhando no Parque Nacional Acadia e outras atividades relacionadas à natureza.

A escola também oferece pequenas viagens nos fins de semana, desse modo, você pode ir com os amigos ao cinema, aos shopping centers, as corridas de carros, as galerias de arte ou também pode prestar serviços à comunidade.

Quanto ao esporte, também existem muitas atividades relacionadas à natureza, como mountain bike ou cross country. No meu caso, escolhi o futebol no primeiro trimestre.

Na educação, temos um nível bastante alto nessa escola, pois no total somos cerca de 250 alunos, um bom número porque, assim, os professores podem fornecer mais ajuda aos alunos. Para quem não sabe, nos Estados Unidos, temos que fazer uma prova final ao termino de cada período.

Eu já estou esperando a nova temporada começar e conhecer minhas notas do primeiro trimestre!

Zhen, 10th grade, (1º ano do ensino médio no Brasil) internatos nos Estados Unidos, Nova Inglaterra. 

No link a seguir, você encontra todos os detalhes do programa de internatos nos Estados Unidos: https://www.internationalacademicprograms.es/pt-br/estados-unidos/

Teresa, 2º ano do ensino médio, internato nos Estados Unidos, Flórida.

Borja Pérez-Mínguez | Depoimentos América do Norte

Na minha escola, há muitos estudantes internacionais, então você faz amigos de todo lugar do mundo. Todos são muito acolhedores e mesmo que tenhamos ficado um pouco envergonhados nos primeiros dias, você imediatamente ganha muita confiança. É importante se dar bem com a maioria, pois afinal você mora com eles.

Costumamos ir ao cinema muitas vezes, já que a escola organiza pequenas excursões todas as semanas e os coordenadores da escola nos levam a qualquer lugar que desejamos ir, basta reunir um pequeno grupo de amigos que querem ir ao mesmo ambiente; seja ao cinema, ao shopping ou à praia, a cerca de 15 minutos da escola.

Dos lugares que mais gosto de ir é a praia de Deerfield, pois é uma praia com uma atmosfera para os jovens: surf, vôlei de praia, restaurantes e lojas.

Quanto ao esporte, nesta temporada, estou no time de torcida e adoro. Participar de qualquer esporte é uma das melhores maneiras de fazer amigos e se envolver na escola, além de ser muito divertido animar a plateia em todos os jogos.

Uma das tradições americanas que mais me chamou a minha atenção é o Dia da Pinagem de Honra, em que todos os novos alunos recebem o broche da escola e há uma cerimônia na capela. Normalmente, nessa ocasião, você precisa usar algo mais formal do que o código de vestimenta.

Além disso, a cada ano, cada equipe realiza uma cerimônia para comemorar a formatura dos alunos mais velhos da equipe que terminaram a escola naquele ano, na festa chamada Noite Sênior. 

Outra atividade que adoro fazer nos fins de semana é visitar Wynwood Walls, uma galeria de arte de rua que fica localizada nas ruas de Miami. A escola organizou uma pequena viagem e passamos o dia curtindo a cidade, eu amei!

Quanto às aulas, temos 10 minutos entre cada uma e esses períodos são ótimos para conversar com seus amigos.

Também amei outra das tradições tipicamente americanas, a semana do baile, em que todos os bailes há um tema e você precisa se vestir de uma certa maneira. Nós éramos Jungle Juniors. Fazer parte do Pep Rally é muito divertido, eu também me unir a outras turmas e conheci muitas pessoas novas.

Acabamos de jogar os dois últimos jogos da temporada e agora começa um novo semestre e é hora de escolher outro esporte!

Teresa, 11th grade (2º ano do ensino médio no Brasil) internato nos Estados Unidos, Flórida. 

No link a seguir, você encontrará todos os detalhes do programa de internatos nos Estados Unidos: https://www.internationalacademicprograms.es/pt-br/estados-unidos/

 

Mateo, 1º ano do ensino médio, internato nos Estados Unidos, Nova Inglaterra.

Borja Pérez-Mínguez | Depoimentos América do Norte

Cheguei na escola em 17 de agosto, eu estava cansado e com saudade da Espanha, então, quando cheguei fui dormir no meu quarto por causa do jet lag, por isso, naquele momento, não pude prestar muita atenção ao campus.

No dia seguinte, quando conheci o campus de perto, fiquei impressionado com as instalações e com o tamanho do internato. As pessoas me receberam muito bem, mesmo sem eu as conhecer, assim, quando você começa a conhecer pessoas e a fazer amigos de confiança é como se fosse  uma família. Minha escola é muito acolhedora, especialmente com pessoas que falam espanhol, sejam da América Latina ou da Espanha.

Quando você começa a escola deve escolher disciplinas, recomendo piano ou violão, porque você aprende a tocar um novo instrumento e também é bom para conseguir uma nota A fácil (excelente). Dentro do colégio, você começa a fazer mais amigos americanos que moram na área ou nos arredores, então eles o convidam para a casa deles e se tiverem um carro o levam para um passeio, convidam você para as festas com amigos (sem álcool), cinema, pistas de boliche, entre outras coisas legais.

Os professores têm muito carinho pelas pessoas estrangeiras, eles estão sempre curiosos para saber as diferentes culturas de cada país dos estudantes estrangeiros. Outro ponto importante que devo destacar é que eu melhorei muito o meu nível de inglês em comparação com o que eu já sabia e estudava na Espanha, uma vez que você tenha uma base do idioma, rapidamente você acostuma a falar apenas em inglês.

A escola também tem a vantagem de ficar em uma cidade que está perto de tudo; muitos restaurantes, supermercados, lojas, o que você quiser. As atividades que a escola oferece também são muito boas: viagens a Boston, Portland, parque de diversões, cinema, bons restaurantes, lojas, caminhadas nas montanhas, rafting, são inúmeras viagens, isso o surpreenderá.

Para concluir, vou falar sobre os quartos e os colegas de quarto. Para mim, o mais importante era fazer amigos no meu dormitório (residências nas escolas), desse modo, você vai para o quarto deles e fica com eles conversando, jogando console, jogos de tabuleiro, etc. Você conhece novas pessoas de outros países com quem formará uma família. Meu quarto favorito é o mais moderno, aconchegante e familiar, mas os outros também são ótimos.

Os colegas de quarto são muito importantes para melhorar o seu Inglês, ajudá-lo com sua lição de casa. Passar um ano ou mais tempo em uma escola nos Estados Unidos é uma experiência que o torna mais maduro, mais responsável, mais organizado e você percebe uma coisa muito importante: valorizar o que você tem.

Mateo, 10ª Grade (1º ano do ensino médio no Brasil), internato nos Estados Unidos, Nova Inglaterra. 

No link a seguir, você encontrará todos os detalhes do programa de internatos nos Estados Unidos:  https://www.internationalacademicprograms.es/pt-br/estados-unidos/